quinta-feira, 11 de novembro de 2010


DESABAFANDO COM A FLAY

Sabe quando cai a noite e você se vê sozinho ou sozinha, você para e pensa em todos os seus amigos, você lembra-se da ultima vez que abraçou sua mãe, e você se pergunta como serei daqui um tempo? Isso acontece sempre comigo, não por que eu quero, mas por que eu sou meio Bipolar, às vezes eu estou muito triste e outras eu estou alegre, meu humor muda muito é como se eu fosse um vento eu estou forte agora e fraca da que a pouco. Algumas pessoas me enxergam como se eu fosse forte e malvada, talvez seja por que eu não tenho paciência pra coisas fúteis da vida, sou como uma velha preza em um corpo jovem, acho que a vida é perfeita se souber viver ela, meninas sem conteúdo me deixam fula e meninos também. Hoje enquanto olhava as minhas fotos antigas comecei a pensar no meu passado, lembrei de quando eu era criança e queria ter amigos e eles nunca queriam olhar ou brincar comigo, aquilo foi duro pra valer, quando eu desmanchava meu cabelo e saia pra rua descalça e não ligava pras pessoas, eu via o mundo todo perfeito, mas ai você começa a crescer o padrão começa a mudar eles querem mais de você, sempre mais... Eu nunca quero dar meu MAIOR pra eles, por isso alguns dizem que sou sem educação e sem sentido, sinceramente nunca vou entender, nunca vou conseguir olhar no fundo do olho de uma garota que virou a noite bebendo e entender por que ela fez aquilo. Eu tive grandes decepções, tive amigos que não eram meus amigos, tive paixões, tive saco cheio... Tenho uma vida. Quando estou só como agora enquanto escrevo esse texto eu escuto as Musicas da Taylor Swift, pra quem não conhece é uma cantora Contry, não gosto de musica caipira, mais a Taylor sempre me da forças, pois ela é meu exemplo de vida meu sonho é um dia ser como ela, não com fama, mas ser como ela no sentido de ver o mundo como ela vê encarar cada decepção e cada vitoria sorrindo, creio que um dia serei assim acredito nisso. Amo me expressar através de palavras, pra min uma palavra é tudo, amo falar, ler, escrever e ouvir, adoro ouvir as historias das minhas colegas, amo ouvir sobre seus fracassos amorosos, suas festas, seus pais, a cada palavras que elas colocam pra fora eu capturo uma emoção e é assim que me sinto quando escrevo algo, eu tendo mostrar realmente o que se passa dentro de min, esse Blog mesmo é como um amigo fiel ele sempre vai conseguir me agüentar e talvez você não leia isso, mas se chegou até aqui obrigada, muito obrigada por ler um desabafo meu. Acredito muito que pessoas como você que estão lendo esse texto sobre min também tem coisas a contar e é por isso que vou criar a partir de hoje o DESABAFANDO COM A FLAY, Flay é um apelido que minha amigas usam comigo, então se quiser me contar sua historia e sua crise conte, mande um e-mail para hoteiceoblog@hotmail.com e escreva o que quiser eu responderei e vou adorar conversar com você. Obrigada por tudo, obrigada por seguir e por perder uns 4 ou 5 minutos do seu tempo comigo.

PS: Desculpa a demorra, estou sem tempo pra entar.
1

1 comentários:

Paula disse...

Oi Flay :D

Adorei o apelido, e oh, as vezes o mundo exige muito da gente, mas nos nao somos obrigados a fazer as coisas de acordo com o mundo, mas sim, de acordo com o que a gente quer e pensa!
Siga sempre sua cabeca e mais importante, seu coracao.
Outra coisa, tem uma parte de um poema que eu adoro que diz: "nao importa em qtos pedacos seu coracao foi partido, o mundo nao para caso vc o conserte" entao, bola pra frente sempre.
Eu entendo seu desabafo, mas nunca deixe de viver e ser feliz pelos outros ou por decepcoes.
Existem mtas pessoas ruins, invejosas, mas existem muitas pessoas boas tb; estou aprendendo isso melhor :)

So de vc oferecer essa ajuda, ja mostra o quao boa vc eh! continue assim sempre.

Beijos e boa semana.